Há festa em Baguim do Monte (2)

​No post anterior esqueci-me de mencionar a idolatria a edifícios e objectos luminescentes.Um mamarracho pago por encomenda ao arquitecto e primo de algum deputado? Idolatre-se. A maior tarte de natas do mundo, uma árvore de Natal da altura da ponte, vias pedonais para nenhures ladeadas por esculturas de arte industrial-soviética a enferrujar? Pasme-se em fervor provinciano. Ignore-se, a preceito, que é tudo feito com recurso a dívida pública emitida semanalmente. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s