Nem inventado

O canal 1 do Pravda, pelo punho de alguém cujo apelido não esconde as origens, revela que afinal na Áustria a vitória do Bem sobre o Império Negro ainda foi mais completa. Num caleidoscópio neo-shintoísta de dríades, grifos e armários mágicos que levam mais um Cristo dos ateus de Petropavlovsk até Nárnia, ficamos a saber que o candidato ecologista (não existe extrema-esquerda, os extremos são como os neutrinos e os teclados, só se fazem para um lado – há aqui matéria para a Câncio gritar racismo…) é ele próprio um, drum roll, refugiado! E de que se refugiou num sprint que começara no gulag e só terminou ontem ao lanche? Do malvado Estaline, o mesmo que lhe serve de base à ideologia. Mas esperem lá, o oficial político de serviço à edição não viu isto? Oito pontos deduzidos na caderneta alimentar, imediatamente. Metam o Obama a comer sopa para disfarçar em mais um encontro inteiramente fortuito. E tirem essa merda das obras pá! Não é porreiro! Mas quem é que vos paga as viagens, pá??? Derrapagem é a tua tia, pá! Douze puã, pá.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s