Pachorra do caralho

Esboço 4350 expressões tudofóbicas por minuto. Vou já solicitar à Secretária de Estado da Castração Social que me interne num campo de reeducação para ex-normais. Apelo aos meus compatriotas, compatriotos e compatriotes (sem esquecer o meu querido xisto Bubulim, a palmeira Ofélia, os patudos Cá, Ki, e Q, mais as peúgas do Chico da Emilinha) que sigam o meu submisso exemplo. Deixem-se assimilar. Abracem o afecto. Dancem como Marcelo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s