Weltschmerz

Cada vez dura menos o espírito do eixo Abril-Maio, com os maluquinhos de hipófise em riste sem tempo, sequer, de cumprirem a sagração desta Primavera rosácea. Que os vermelhos – soit disant, os 95% de autóctones cujas férias, almoço e demais expiação do nojo matinal dependem do carimbo brandido por Ernâni, escriturário de terceira e primo do Vara – pululem como anhos cateterizados a extracto de cravos Aljustrelenses, ainda se compreende. O que eu estranho é, Carthago Delenda Est, a ausência de uma boa imolação. Humana, estrutural ou até financeira. Dizem os números que está para breve. Aguardemos pois o fenecer dos Aspergers centenados e a subsequente venezuelização da urbe.

Now playing.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s