renascer

esta noite em claro é para ti
branca como cada folha vazia
ou ainda igual a este regresso
ao arquear do teu sono a mão

apaga a luz e é por ti que desliza
na pele sem temor de futuros
incertos nem morte
nunca um planeta ardeu tão alto

há velas na noite e elas conduzem
àquele espaço azul entre as nuvens
o segredo por entre os acordes
do teu cabelo murmura o nome da rosa

com quantos braços deve um homem
adormecer no luar dos teus olhos
com quantas vitórias sorrir
com quanta destreza te amar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s