Capítulo II

O habitante inclinou a palhinha num ângulo de 44.75º, conforme aquilo que era normal e esperado, e sorveu três mililitros de gin. 

– Então hoje está outra vez a chover. 
– É verdade. Ainda neste sábado que passou, na missa, falávamos disso. Está outra vez mau tempo. Mas os dias são mesmo assim, e ainda bem. Temos é que esperar pelo sol.
– Pois, pois é. E as crianças, estão boas?
– Sim, olhe, o Bernardo vai ao hóquei todas as quartas, a Constança tem o coro todas as quintas, e como habitual, a Madalena ajuda a mãe na catequese todas as sextas… 
– E o cão?
– Está bom, olhe, cresce tanto, mas é assim, vemos o mundo passar e os dias voar.
– Então muito bem.
– Muito bem. Dir-se-ia que está a chover, novamente.
– De facto. Já almoçou?
– Sim, fui à hora normal, aliás liguei à minha mulher para lhe dizer isso mesmo, à hora normal para ligar, liguei, para  dizer que ia almoçar à hora normal, e fui, apanhei o 45 como normalmente, e hoje por acaso apesar da chuva até consegui voltar à hora normal para voltar. 
– Ah, muito bem. Então ligou à sua mulher para lhe dizer isso mesmo, à hora normal para ligar, ligou, para dizer que ia almoçar à hora normal, e foi? Ah, muito bem. Apanhou o 45 como normalmente? 
– Sim, exactamente, exactamente. 
– Ah, e hoje por acaso apesar da chuva até conseguiu então voltar à hora normal para voltar? Muito bem, que todos os dias sejam assim, fico contente.
– Ora essa. 

E ajeitaram ambos as palhinhas. 
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s