Daqui decorre que o mal de tudo isto, de facto os males do Mundo ou sua grande parte, é que ao contrário do que tem forçosamente de ocorrer – um exame no terreno – para que possamos conduzir um carro, são concedidos, de forma discricionária, privilégios que permitem ao mais frágil e perigoso mentecapto cometer actos de força maior, como votar (equiparando-se a outros que possam ler a realidade com maior lucidez), ocupar um posto de trabalho auferindo remuneração (excluindo desse benefício outros que possam produzir mais e melhor) e mais tarde quiçá examinar, escrutinar e seleccionar, por seu turno, candidatos às mais díspares funções.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s