Querido / Sócrates

Paulo Querido e José Sócrates têm agora algo evidente em comum: o sr. Pinto de Sousa usa, à boca cheia, a expressão “os portugueses” (os portugueses querem, os portugueses sabem bem, os portugueses não gostam) como se fosse dono, senhor, enfim déspota reinante sobre o conteúdo programático de cada membro da Nacinha, vivo, morto ou nascituro; ao passo que o outro rapaz, projecto “uber-geek” de nano-controlador, pretende fazer de si mesmo a voz de uma blogosfera que só existe nos delírios que vem alimentando há vinte e tal anos.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s